Reportagens

Cartografia e GPS


A elaboração de mapas começou na Antiguidade. O mapa mais antigo do mundo foi encontrado na Mesopotâmia. Hoje, podemos obter imagens tridimensionais da superfície da Terra e contamos até com a cartografia e o GPS como grandes aliados.


por Valesca Valdestilhas Daminello

Anaximandro (610 a.C.-547 a.C.), que era discípulo de Tales de Mileto, é considerado o primeiro cartógrafo. Em seu mapa, a Terra estava solta no espaço e não havia referência a sua forma.

Até então contávamos apenas com equipamentos que para nós, hoje, são simplórios, como o astrolábio, o compasso, o sextante e a bússola, e com mapas do tipo portulanos.

A partir do século XVI, época das Grandes Navegações, mapas traçados com maior precisão passaram a desvendar caminhos para exploradores europeus, pois representavam o mundo de maneira mais próxima do real. São estes elaborados por cartógrafos alemães e Flamengos. O mais conhecido é o de Mercator.

O avanço tecnológico do século XX permitiu um grande progresso e muita precisão na elaboração de mapas. Foram adicionadas várias outras técnicas às de antigamente, como o uso de aviões para tomadas fotográficas aéreas, imagens de satélites artificiais e computadores. A partir do processamento e da análise dessas imagens, é possível elaborar vários tipos de mapas.

Hoje, os mapas estão cada vez mais precisos.

Entre os inúmeros recursos utilizados pela cartografia, destacam-se: a aerofotogrametria, o sensoriamento remoto e o geoprocessamento. Todas estas técnicas utilizadas em conjunto fazem o sucesso dos mapas; porém, uma boa pesquisa de campo é necessária, sempre.

A cartografia encontra-se no curso de uma longa e profunda revolução, iniciada em meados do século passado, e certamente a mais importante depois do seu renascimento, que ocorreu nos séculos XV e XVI.

VOCÊ SABIA QUE...
O departamento de cartografia da Organização das Nações Unidas é o responsável pela manutenção do mapa mundial oficial em escala 1:1.000.000 e todos os países enviam seus dados mais recentes para este departamento.

OS PRIMEIROS MAPAS
A função dos mapas é prover a visualização de dados espaciais e a sua confecção é praticada desde tempos pré-históricos, antes mesmo da invenção da escrita. Com esta, dispomos de mapas em placas de argila sumérias e papiros egípcios. Na Grécia antiga, Aristóteles e Hiparco produziram mapas com latitudes e longitudes.

Em Roma, Ptolomeu representou a Terra dentro de um círculo. A finalidade principal destes mapas era conhecer o terreno do inimigo para que a conquista fosse eficiente e rápida.


Cartometria
Ela é o ramo da cartografia que trata do Cinturão de Van Allen, um cinturão magnético que protege a Terra da radiação solar.

A CARTOGRAFIA MEDIEVAL
Embora durante a Idade Média o conhecimento geográfico tenha sofrido uma relativa estagnação na Europa Ocidental, confinado ao domínio eclesiástico, foram produzidos os mapas OT (orbis terrarum): um T composto pelas águas (Mar Mediterrâneo, Mar Negro e rio Nilo), separando as terras (Europa, Ásia ocidental e Norte de África), dentro de um O (o mundo). No mundo árabe, ao contrário, desde 827 o califa Al Mamum havia determinado traduzir do grego a obra de Ptolomeu. Desse modo, através do Império Bizantino, os árabes resgataram os conhecimentos greco-romanos, aperfeiçoando-os (11 mapa orbis terrarum).

NA IDADE MODERNA
Com a reabertura comercial do Mar Mediterrâneo, especialmente a partir do século XI, os mapas ganharam mais importância, particularmente entre os árabes, que prosseguiram com o seu desenvolvimento.

Em poucos séculos, os mapas de navegação marítima, que passaram a ser valorizados na região mediterrânica, associados aos progressos técnicos representados pela bússola, pelo astrolábio e pela caravela permitiram o processo das grandes navegações, marcando a passagem para a Idade Moderna. Os portulanos introduziram a rosa-dosventos e motivos temáticos passaram a ilustrar as lacunas do conhecimento geográfico.

Embora a cartografia portuguesa tenha conhecido avanços técnicos significativos durante o século XV, será superada, já no século XVI, pela cartografia holandesa.

PÁGINAS :: 1 | 2 | Próxima >>
 
Conhecimento Prático Geografia :: 27/08/14
Comportamento de consumo
Conhecimento Prático Geografia :: 26/08/14
A mídia e o cidadão
Conhecimento Prático Geografia :: 26/08/14
Horizontes do Mercosul

Conhecimento Prático Filosofia :: Reportagens :: Edição 23 - 2010
Mito da Caverna:


Conhecimento Prático Filosofia :: Reportagens :: Edição 23 - 2010
O animal Político


Conhecimento Prático Filosofia :: Capa :: Edição 42 - 2013
Trabalho como conceito filosófico


Conhecimento Prático Filosofia :: Capa :: Edição 28 - 2011
Hannah Arendt, pensadora da política e da liberdade



Edição 56

Saiba antes de todos as novidades da revista




Capa
Geografia e Evolução
Geoprocessamento
Entrevista
Geografia Cultural
Geografia Urbana
Entrevista

Assine
Anuncie
Expediente
Fale Conosco
Mande sua sugestão
Favoritos



Faça já a sua assinatura!
Conhecimento Prático Filosofia

Assine por 2 anos
12x de R$ 9,80
Assine!
Outras ofertas!
Conhecimento Prático Geografia

Assine por 2 anos
12x de R$
9,80
Assine!
Outras ofertas!
Conhecimento Língua Portuguesa

Assine por 2 anos
12x de R$
9,80
Assine!
Outras ofertas!
Conhecimento Prático Literatura

Assine por 2 anos
12x de R$
9,80
Assine!
Outras ofertas!

  ContentStuff - Sistema de Gerenciamento de Conteúdo - CMS